Skip to content
26/02/2012 / Boleiragem Tática

Arsenal 5 x 2 Tottenham – Virada sensacional reanima os gunners e alivia Wenger

Com exceção dos primeiros 15 minutos, o Arsenal fez uma partida brilhante. Depois de ver o rival Tottenham ganhar o meio de campo, a posse de bola e domínio dos primeiros minutos, com dois gols em duas falhas bizarras de posicionamento da defesa vermelha, o time de Arsène Wenger ressurgiu das cinzas. Com uma recuperação incrível, empatou e virou o jogo com uma atuação fantástica de boa parte do sistema ofensivo. Voando na segunda etapa, construiu uma goleada que tem tudo para servir como combustível para o restante da temporada.

A reação começou baseada justamente na mudança de postura do adversário. Com o 2 a 0 no placar, o relaxamento era natural. Mas soava totalmente incoerente um recuo excessivo. E foi o que aconteceu. Buscando jogar na sua melhor arma, os velozes contra-ataques puxados por Bale, Saha e Adebayor, os Spurs se acuaram à espera de um erro rival. Erro que não veio.

O Arsenal aproveitou e partiu para cima. Pressionou. Sempre jogando pelos lados, forçando cruzamentos para o artilheiro da Premier League Robin Van Persie, em fase esplêndida. Mas foi o lateral Sagna, um dos melhores em campo, quem apareceu para cabecear o cruzamento de Arteta, da esquerda: 2 a 1.

O gol elevou a moral dos gunners, que, logo após a saída de bola do meio de campo, já a tinham de novo. Com Walcott centralizando o posicionamento e abrindo o corredor para Sagna fazer Assou-Ekotto de gato e sapato, a direita era o melhor atalho para o Arsenal. E foi por lá que começou a jogada do gol de empate. Após uma rebatida displicente de Ekotto, a bola caiu nos pés de Van Persie, na entrada da área. Bastou levar a bola para a canhota, arrumar o corpo e chutar colocado, no ângulo. Golaço de empate.

A tática de esperar contra-golpes não dava certo. Principalmente com um meio-campo de pouca marcação e desarme. No 4-4-2, Harry Redknapp escalou somente um volante de combate – Scott Parker. Acabou sofrendo dois gols pela falta de marcação e coragem. Logo no intervalo, tentou ajeitar as coisas: Sandro no lugar de Saha e Van der Vaart no lugar do sumido Krjancar. Porém, pouco funcionou. A intensidade do time da casa parecia insuperável.

Dessa vez, a jogada começou e terminou pelo lado direito, o melhor dos gunners em todo o jogo. Tabela entre Sagna e Rosicky, conclusão oportunista do tcheco, que voltou a jogar muito bem. Explosão de euforia no Emirates Stadium. O Arsenal voltara a jogar bem, a ser efetivo na frente. E sem depender exclusivamente de Van Persie.

Enquanto isso, o Tottenham assistia o jogo. Sem força ofensiva, sem posse de bol, mal passava do meio de campo com a bola nos pés. Era atropelado por um time que babava por vitória. Por goleada. Um time que marcava no campo de ataque, sufocava o rival e voava pelo lado direito.

Num dos raros ataques dos Spurs na segunda etapa, surgiu o quarto do Arsenal. Em um contra-ataque. A arma do inimigo servindo bem. Chutão da defesa para Van Persie, que brigou pela bola, construiu um contra-golpe quase que sozinho e deixou Walcott em ótimas condições de marcar. Ele não perdoou: 4 a 2. O quinto veio logo em sequência, novamente com Walcott, em ótimo lançamento de Sagna. A dupla afinada foi o terror pela ponta-direita, juntamente com Rosicky.

Muito mais do que os três pontos, a ótima virada do Arsenal neste domingo, no Emirates Stadium, renova os ânimos do time. E ameniza o clima de crise nos bastidores. Dá tempo ao tempo. E tranquilidade para Arsène Wenger continuar a desenvolver com calma seu trabalho no time que sempre o acolheu. E que se cuide o Milan, que pode perder por até 3 gols de diferença em Londres, pelas oitavas de finais da Champions League.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: