Skip to content
18/11/2011 / Boleiragem Tática

A simplicidade do Figueirense, a sensação do Campeonato Brasileiro

O simples e eficiente 4-3-1-2 do Figueirense: liberdade para os laterais e equilíbrio nos setores.

No 4-3-1-2, Jorginho achou um time sem muitas invenções, básico, simples, equilibrado. Tanto com a bola, como sem ela. Um time extremamente eficiente dentro e fora de casa. Não à toa é o quarto colocado do Campeonato Brasileiro. Nesta quinta-feira, controlou a maior parte da partida diante do Flamengo, no Engenhão, perdeu um pênalti e saiu com um empate injusto em virtude do que aconteceu na partida. Tudo isso sem seu artilheiro, o atacante Júlio César, que saiu machucado logo aos 10 da primeira etapa e dificilmente terá condições para o restante da competição.

O Figueirense pode não ter elenco suficiente para brigar pelo título brasileiro. O substituto de Júlio César, por exemplo, é o jovem Aloísio, que perdeu o pênalti nesta quinta-feira. Tecnicamente, é inferior ao camisa 11.  E é muito menos rodado. Assim como acontece em outras posições. Mesmo assim, sobretudo pelo time titular que tem, é bem capaz que a   equipe de Jorginho belisque uma vaga na Libertadores.

Dos 5 primeiros colocados, é, hoje, o time em maior ascensão. E também o menos brilhante. Enquanto os times mais poderosos economicamente tem em grandes astros os seus diferenciais, o Figueira tem em Wellington Nem, revelado pelo Fluminense e candidatíssimo à grande revelação do Brasileirão, a sua grande referência. Veloz, ele costuma recuar para armar jogo com Elias, o organizador-central do time, responsável pelas enfiadas de bola e pela aproximação do meio ao ataque. Além de auxiliar Elias na armação, Wellington Nem é, também, o grande criador de jogadas laterais do time. Neste caso, trabalha com a ajuda dos ótimos e promissores laterais Bruno e Juninho.

É pelos lados que o Figueirense melhor ataca, inclusive. Como joga com três volantes, os dois laterais têm liberdade suficiente para subir juntos ao ataque. Para isso, dois volantes ficam na retaguarda, enquanto o terceiro sobe para auxiliar o ataque – normalmente o volante posicionado no lado em que a jogada se desenrola. Se a bola está pela esquerda do ataque catarinense, é Túlio quem sobe ao ataque; pela direita, é Coutinho; e por dentro, Ygor, que fez grande partida na noite desta quinta-feira, anulando Thiago Neves.

Com esse equilíbrio básico o Figueirense raramente sofre contra-golpes. Sem a bola, o time recompõe a marcação de forma muito rápida. Wellington Nem acompanha um dos laterais, Elias pega um dos volantes e o tripé de volantes do time se divide na marcação aos meias ou laterais rivais. Não há uma marcação muito elaborada. Jorginho não gosta de combater o adversário com marcação homem a homem. Prefere marcar por zona. E seu time faz isso muito bem. É difícil achar uma falha defensiva tática do Figueirense. Mais difícil ainda é achar um atacante rival sobrando contra o time catarinense. Marcação simples, e muito eficaz.

Com  a bola nos pés, o time ataca com inteligência. Além das jogadas pelos flancos, descrita no quarto parágrafo, pela zona central, o Figueira também sabe trabalhar bem a bola. Através de toques rápidos e curtos, os volantes fazem uma saída de bola eficiente, veloz. Elias é, normalmente, o responsável por reter essa bola no meio e pensar o jogo. Algumas vezes, Wellington Nem recua pelo meio, recebe o passe e arma as jogadas, buscando uma eventual tabela, ou tentanto uma jogada individual. Neste caso, Elias espeta seu posicionamento e vira um pivô arranjado, para tabelas ou simplesmente para desmarcar o meio de campo, movimento comum ao meia-central do 4-3-1-2.

 

Para esse time funcionar, o equilíbrio entre os setores é extremamente importante. Além dele, os acertos de passe são ainda mais fundamentais. E, por isso, são treinador com exaustividade por Jorginho. Um erro de passe causa um efeito dominó no time, podendo causar um contra-ataque mortal. A posse de bola é uma marca do Figueirense, um dos times mais pacientes com a bola nos pés. É assim que joga a sensação do campeonato. Simples e inteligente.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: